fbpx

O Ácido Málico de estrutura química molecular C4H6O5 também conhecido como ácido hidroxissuccínico ou ácido hidroxibutanodioico, foi estudado pela primeira vez em 1785 por um cientista sueco e nomeado dois anos depois pelo pai da química moderna Antoine Lavoisier.

Integrante do grupo de ácidos carboxílicos e encontrado naturalmente nas células do corpo humano, na maçã, na pêra, uvas e em frutos noturnos como os citrinos.

Possui uma forma ideal, numa substância azeda e adstringente, muito empregada como acidulante, aromatizante e estabilizante na indústria alimentícia para ser utilizado em refrigerantes, doces, geleias, compotas, produtos lácteos, alimentos enlatados, alimentos congelados, frutas secas, legumes, bebidas, produtos de carne, produtos de especiarias e também para conferir sabor, além de ser produzido em grande quantidade.

Já na indústria cosmética, o ácido málico é utilizado na higienização e regeneração de ferimentos e queimaduras como um reconstrutor das camadas de proteção da pele, a epiderme; além de atuar no ciclo de Krebs que garante maior aporte de energia; aumenta o vigor do tecido; combate o fotoenvelhecimento; é altamente antioxidante e principalmente adstringente; possui um poder único de firmeza e efeito lift do tecido.

Este ativo está presente nos produtos abaixo:

Pin It on Pinterest

Share This
Iniciar chat
1
Mais informações
Powered by Join.chat
Olá! Estou à disposição para qualquer informação!