fbpx

O Ácido mandélico é um alfahidroxiácido (AHA) derivado da hidrólise do extrato de amêndoas amargas cujo peso molecular é consideravelmente grande e por essa razão penetra lentamente no local de aplicação o que permite atender peles sensibilizadas e todos os fototipos da escala de Fitzpatrick. Assemelha-se de forma suave a ação queratolítica do Ácido Glicólico e a atividade antisséptica do Ácido Salicílico. O Ácido Mandélico exerce suas funções de forma mais confortável que os outros AHAs na pele e por não interagir ao sol é uma excelente opção para todas as estações do ano, principalmente no verão.  O Ácido Mandélico age contra o fotoenvelhecimento, impedindo a ação dos raios Ultravioletas em oposição a desorganização reativa das estruturas da pele; induz o turn over celular e a remoção da capa córnea fotoenvelhecida; combate os agentes inflamatórios e infecciosos; diminui cravos e é utilizado também no preparo para o peeling a laser e na recuperação do tecido no pós cirúrgico. Na acne, o Ácido mandélico age durante o processo infeccioso, combatendo as bactérias e prevenindo a formação de novas; contribui para o processo de cicatrização e colabora com o tratamento de eventuais sequelas. No caso da hiperpigmentação, atua como inibidor da síntese da melanina e no pigmento já depositado sobre a superfície da epiderme, promovendo uma eficaz remoção das diferenças de coloração da pele. Os efeitos são percebidos rapidamente e perduram por muito mais tempo.

Este ativo está presente nos produtos abaixo:

Pin It on Pinterest

Share This
Iniciar chat
1
Mais informações
Powered by Join.chat
Olá! Estou à disposição para qualquer informação!