fbpx

A Alantoína é um composto químico que possui a fórmula molecular C4H6N4O3, reconhecido como um produto atóxico e não irritante. Em 1799, a Alantoína foi isolada pela primeira vez a partir do líquido amniótico de animais mamíferos. O homem, contudo, carece da enzima uricase, que degrada o ácido úrico em alantoína naturalmente por isso a importância de repor este componente topicamente. A Alantoína é hidrolisada na pele formando ureia, que tem ação hidratante e queratolítica, sendo por esta razão usada também no tratamento da psoríase, ictiose e hiperqueratose. Possui propriedades dermatológicas fundamentais para saúde e beleza da pele, atua sobre as camadas da epiderme, acelera a proliferação das células e o crescimento dos tecidos; ocasiona uma rápida ação sobre as áreas tratadas e estimula a eliminação de agentes prejudiciais a pele através da migração de células imunológicas principalmente macrófagos. A Alantoína trabalha principalmente sobre áreas ásperas e em relevos disformes da pele, tornando-as lisa e flexível, podendo ser aplicada sobre peles em estados sensíveis; de crianças e de bebês. Na formação de cicatrizes, o efeito de normalização do crescimento das camadas proporciona maior capacidade de retenção e umidade e, com isso, o alisamento da superfície cutânea e melhor elasticidade da cicatriz. O efeito antirritante combate o prurido que frequentemente acompanha a formação de cicatrizes.

Este ativo se encontra nos produtos abaixo:

Pin It on Pinterest

Share This
Iniciar chat
1
Mais informações
Olá! Estou à disposição para qualquer informação!