fbpx
(11) 4161-8450
Vamos revender Bel Col? Clique aqui e descubra como
ALERGIAS DE INVERNO
É possível preveni-las?

Inverno: Tem quem ame e quem odeie, mas independente da preferência, uma coisa é certa, devemos redobrar os cuidados com a saúde nessa época do ano. Já falamos por aqui de alguns problemas de pele mais comuns da estação, mas a umidade do ar reduzida traz outras preocupações, como as alergias, por exemplo.

A alergia é uma reação de hipersensibilidade ou resposta imunológica exagerada do organismo a um determinado antígeno (substância estranha), que acontece em pessoas suscetíveis. Segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai), cerca de 30% da população brasileira têm algum tipo de alergia.

Segundo a otorrinolaringologista Byanca Hekavei Hul, existem vários tipos de alergia e que grande parte delas têm influência genética. “Doenças como asma, rinite e dermatite atópica se desenvolvem com uma mistura de fatores genéticos (cuja influência da hereditariedade pode variar de 48 a 79% conforme a literatura), ambientais (tabagismo / poluentes ambientais) e epigenéticos (modificações do DNA). É por isso também que em uma mesma família temos indivíduos extremamente sintomáticos para as doenças atópicas e outros sem desenvolver qualquer sintoma”, explica a especialista.

Está muito frio lá fora? Mesmo assim é necessário abrir as janelas para que o ar circule e se renove, pois os principais fatores que desencadeiam as crises alérgicas são o mofo e a poeira em ambientes que ficam mais fechados, facilitando a transmissão dos vírus.

“Os espaços sem circulação facilitam o desenvolvimento de mofo em paredes devido à umidade. Manter os ambientes limpos e arejados ainda é uma das melhores maneiras de prevenir as doenças respiratórias e as alergias. Um ambiente bem ventilado, além de dispersar os vírus e bactérias, previne o acúmulo de agentes causadores de doenças alérgicas, como poeira e fungos”, esclarece Byanca.

Anote essas dicas para prevenir alergias do inverno:

  • Deixe os ambientes sempre bem arejados;
  •  Mantenha as mãos sempre higienizadas;
  • Principalmente no quarto de crianças alérgicas, evite objetos que facilitem o acúmulo de poeira, como bichos de pelúcia e tapetes;
  • Prefira o uso de edredom ao de cobertores;
  •  Lave previamente as roupas que serão usadas nos dias mais frios, como blusas e casacos que ficam meses no guarda-roupa acumulando poeira;
  • Prefira limpar a casa com aspirador de pó e panos úmidos, já que a vassoura ajuda a espalhar ainda mais a poeira;
  • Se houver alguém em casa com alergia a produtos de limpeza com odores característicos, o ideal é optar pela limpeza da casa e pela lavagem de roupas com produtos hipoalergênicos disponíveis em lojas e supermercados;
  • Atenção aos banhos muito quentes: a água quente pode diminuir a camada superficial de oleosidade da pele e aumentar a sensibilidade a agentes estranhos, assim como o ressecamento, deixando-a mais suscetível a coceiras.

É possível realizar um diagnóstico dos processos alérgicos? Segundo a médica, sim, principalmente por meio de análises clínicas e exames cutâneos. “O diagnóstico de rinite, por exemplo, se faz por meio de uma consulta médica com anamnese e exame físico em que encontramos alterações compatíveis com a clínica do paciente”, finaliza a especialista.

Exames complementares podem ser solicitados por meio de exames laboratoriais ou do prick test (que é realizado na pele do paciente para identificar possíveis alergias respiratórias, alimentares, a picadas de inseto ou ao látex) para elucidação de fatores desencadeantes e auxílio no tratamento, assim como para realização de imunoterapia.

Portanto, se perceber algo fora do comum, ou até mesmo o agravamento dos quadros alérgicos, procure um profissional especializado!

Ah, não esqueça de acompanhar o “Canal da Saúde” aqui em nosso portal!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Komunik
A Komunik é a assessoria de imprensa da Bel Col Cosméticos, trabalhando com seu marketing digital e ações em mídias sociais.

MAIS MATÉRIAS

LANÇAMENTO: RENOVA A +

LANÇAMENTO: RENOVA A +

O novo booster de retinol de uso noturno Manter a integridade cutânea pode até parecer uma tarefa complicada, mas com a evolução da cosmética, alguns ativos utilizados no dia a dia podem fazer toda a diferença. É o caso do retinol, mais conhecido como a Vitamina A....

Agosto: Mês do Retinol para uma pele mais jovem

Agosto: Mês do Retinol para uma pele mais jovem

A Vitamina A é indicada para rejuvenescer e reparar o tecido, promovendo diminuição de linhas de expressão e rugas. Além disso, promove o bioincremento cutâneo, ou seja, deixa a pele mais fortalecida, firme e elástica, ou seja, são inúmeros benefícios. Por isso, aqui...

JULHO: Mês das gotinhas na Bel Col Cosméticos

JULHO: Mês das gotinhas na Bel Col Cosméticos

Vocês já conhecem as “gotinhas” mais amadas do mercado de beleza, não é mesmo? As miniaturas dos fluidos de colágeno 1,2,3,4, além do fluido de vitamina C e ácido hialurônico, todos de uso profissional, começaram como uma edição limitada, e hoje, são indispensáveis...

O INVERNO E OS PROBLEMAS DE PELE

O INVERNO E OS PROBLEMAS DE PELE

Ressecamento, desidratação e perda da barreira protetora contribuem para o aparecimento de algumas doenças   Com as baixas temperaturas e o clima seco, a pele retém menos umidade e pode sofrer com a desidratação, principalmente aquelas mais secas. De acordo com a...

Fique por dentro das novidades!

Inscreva-se para receber em primeira mão novidades sobre a Bel Col e o mercado da beleza.

Obrigado por se inscrever!

Pin It on Pinterest

Share This
Iniciar chat
1
Mais informações
Olá! Estou à disposição para qualquer informação!