fbpx
Ácido Hialurônico
« Voltar para glossário

Descoberto em 1934, o ácido hialurônico tem esse nome devido á maneira em que ele foi descoberto. Em 1934 dois cientistas da faculdade de Nova Iorque, Karl Meyer e Jhon Palmer que estavam fazendo algumas pesquisas e uma delas era isolar em um laboratório de oftalmologia um fluido retirado do olho de bovino. Nesta pesquisa eles acabaram descobrindo uma substância composta de dois açúcares, um deles sendo identificado como “ácido urônico”. Então para nomear a substancia encontrada eles acrescentaram a palavra “hyalos” que quer dizer “vidro” em grego, e então ficou “ácido hialurônico”.

Com o decorrer do tempo várias pesquisas foram feitas e então começaram a usar o ácido hialurônico para fins medicinais, e em 2003, a Food and Drug Administration EUA (FDA) aprovou o primeiro ácido hialurônico de preenchimento cutâneo para a correção de rugas e dobras nasolabiais.

O ácido hialurônico é um glicosaminoglicano formador de filme altamente hidrofílico, que em baixas concentrações forma soluções de alta viscosidade com bom espalhamento e propriedades lubrificantes.
O ácido hialurônico é um biopolímero natural de grande importância biológica
devido a suas várias funções no corpo humano, e se encontra presente nas articulações, no preenchimento da pele onde ocupa os espaçemntos celulares (56%).  É o único componente da matriz celular do tecido conectivo presente em todos os animais. A matriz intercelular é o material que preenche os espaços entre as células dos diversos tecidos, como a pele, tendões, músculos, etc. Uma das mais importantes funções biológicas desta molécula é a capacidade de retenção de água na matriz, por isso a matriz não pode ser considerada meramente como um suporte mecânico inerte das células, mas de utilidade para muitas funções essenciais dos processos biológicos que ocorrem nos tecidos vivos.
O envelhecimento da pele humana é acompanhado por alterações no metabolismo e
consequente alteração no ácido hialurônico, devido às alterações nas propriedades viscoelasticas da matriz intercelular da pele.

Hoje o ácido hialurônico é encontrado de diversas formas no mundo cosmético, sendo alguns deles o Booster, o Vetorizado, Preenchedor Sem Agulhas, Fator de Crescimento Like, Qligomérico, Quoternizado, Hidrolisado, Encapsulado, Sal Sódico, Sal Potássi·co, Alto Peso Molecular, Médio Peso Molecular, Baixo Peso Molecular, Boixíssimo Peso Mlolecular, Lipodisperso, etc. É um verdadeiro arsenal de tipos existentes no mercado e é sempre muito importante estamos por dentro do que o mercado está oferecendo para fazermos boas escolhas

Descoberto em 1934, o ácido hialurônico tem esse nome devido á maneira em que ele foi descoberto. Em 1934 dois cientistas da faculdade de Nova Iorque, Karl Meyer e Jhon Palmer que estavam fazendo algumas pesquisas e uma delas era isolar em um laboratório de oftalmologia um fluido retirado do olho de bovino. Nesta pesquisa eles acabaram descobrindo uma substância composta de dois açúcares, um deles sendo identificado como “ácido urônico”. Então para nomear a substancia encontrada eles acrescentaram a palavra “hyalos” que quer dizer “vidro” em grego, e então ficou “ácido hialurônico”.

Com o decorrer do tempo várias pesquisas foram feitas e então começaram a usar o ácido hialurônico para fins medicinais, e em 2003, a Food and Drug Administration EUA (FDA) aprovou o primeiro ácido hialurônico de preenchimento cutâneo para a correção de rugas e dobras nasolabiais.

O ácido hialurônico é um glicosaminoglicano formador de filme altamente hidrofílico, que em baixas concentrações forma soluções de alta viscosidade com bom espalhamento e propriedades lubrificantes.
O ácido hialurônico é um biopolímero natural de grande importância biológica
devido a suas várias funções no corpo humano, e se encontra presente nas articulações, no preenchimento da pele onde ocupa os espaçemntos celulares (56%).  É o único componente da matriz celular do tecido conectivo presente em todos os animais. A matriz intercelular é o material que preenche os espaços entre as células dos diversos tecidos, como a pele, tendões, músculos, etc. Uma das mais importantes funções biológicas desta molécula é a capacidade de retenção de água na matriz, por isso a matriz não pode ser considerada meramente como um suporte mecânico inerte das células, mas de utilidade para muitas funções essenciais dos processos biológicos que ocorrem nos tecidos vivos.
O envelhecimento da pele humana é acompanhado por alterações no metabolismo e
consequente alteração no ácido hialurônico, devido às alterações nas propriedades viscoelasticas da matriz intercelular da pele.

Hoje o ácido hialurônico é encontrado de diversas formas no mundo cosmético, sendo alguns deles o Booster, o Vetorizado, Preenchedor Sem Agulhas, Fator de Crescimento Like, Qligomérico, Quoternizado, Hidrolisado, Encapsulado, Sal Sódico, Sal Potássi·co, Alto Peso Molecular, Médio Peso Molecular, Baixo Peso Molecular, Boixíssimo Peso Mlolecular, Lipodisperso, etc. É um verdadeiro arsenal de tipos existentes no mercado e é sempre muito importante estamos por dentro do que o mercado está oferecendo para fazermos boas escolhas



Este ativo é encontrado nos produtos abaixo

Revenda Bel Col e entregue o melhor para seus clientes

X

Fique por dentro das novidades!

Inscreva-se para receber em primeira mão novidades sobre a Bel Col e o mercado da beleza.

Obrigado por se inscrever!

Pin It on Pinterest

Share This
Iniciar chat
1
Mais informações
Olá! Estou à disposição para qualquer informação!